Que tipo de fumante você é?


Salve família, na paz? O assunto dichavado de hoje é sobre fumantes, e se você é um, já começo esse texto te perguntando: que tipo de fumante você é? Para entender melhor sobre isso, vem comigo e continue lendo nosso texto em parceria com a @ervaterapiakumbaya!!!



Primeiro, é preciso entender que há vários tipos de fumante, nem todo fumante tem o mesmo perfil. Existem de forma mais geral, os fumantes em busca do prazer, com o objetivo em busca de uma satisfação tanto oral (levar o cigarro a boca, tragar), quanto pela substância (nicotina, etc), os que fumam apenas quando bebem café (ou associado a outros gatilhos, como estresse, cansaço), os que fumam socialmente, os que acendem um cigarro atrás do outro sem nem se dar conta, talvez pelo hábito.


Enfim, todo uso de drogas que envolve fumar como meio de consumo da droga, implica um dano ao corpo. Importante ressaltar que se você não se sente à vontade com a frequência do seu padrão de uso, procure um profissional da saúde para te ajudar, pode ser um psicólogo redutor de danos ou um psiquiatra especialista em RD, dependendo do seu caso. O SUS também oferece tratamento para tabagismo.



Há o fumante ativo, que é na verdade, quem realmente fuma, quem inala as substâncias de forma direta. De acordo com a OMS, a nicotina é considerada uma droga psicoativa, que causa dependência. O tabagismo é classificado como doença e está inserido no Código Internacional de Doenças (CID-10) no grupo de transtornos mentais e de comportamento devido ao uso de substâncias psicoativas. Se tratando de prejuízos para a saúde, podemos citar a aceleração da frequência cardíaca, vasoconstrição, hipertensão arterial, estimulação do aparelho gastrointestinal (podendo causar úlcera), liberação de substâncias quimiotáxicas, que provocam o enfisema pulmonar, doenças cardiovasculares... Há publicações na página que abordam estratégias de RD para fumantes, se não achar manda direct!!


Há também o fumante passivo, que é considerado um fumante, porém não fuma, mas recebe a fumaça, se expondo da mesma forma. O fumante passivo que convive com pessoas que fumam em locais fechados recebem a fumaça sem filtro, e também absorvem diversos componentes tóxicos e cancerígenos, ou seja, os dois tipos de fumantes estão sujeitos as mesmas doenças.



Importante ressaltar que não há distância e nem nível de exposição seguro a fumaça do cigarro. Crianças e bebês, mulheres grávidas, animais domésticos devem evitar ficar no mesmo ambiente que um fumante.


E ao contrário do que muita gente pensa, a legalização de uma droga implica toda a movimentação de um sistema, de uma rede. Permite, por exemplo, que o usuário saiba todas essas informações, e escolha fazer o uso de forma menos danosa possível, ou evitá-lo. Permite que existam leis que proíbam fumar em determinados locais, como a lei de aprovação da Lei nº 12.546, no dia 14 de dezembro de 2011, e outras leis que regulamentem o uso, consumo e venda.


Quer saber mais? Aqui vai um bônus de alguns vídeos bem rápidos e explicativos do

@drauziovarella, no quadro Drauzio Comenta, sobre fumantes:

https://www.youtube.com/watch?v=xwp_9ty1yiU&feature=emb_title

https://www.youtube.com/watch?v=NM2FJRhDhlg




Autora do texto

Bruna Zucolotto Minelli

Psicóloga CRP 16/7704

Redutora de Danos na Dichavando a RD


409 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo